SONHOS SÃO GRATUITOS...TRANSFORMA-LOS EM REALIDADE...TEM UM PREÇO. "Quando olho para trás, vejo que hoje carrego em meu ser várias marcas de pessoas extremamente importantes. Pessoas que, no contato com elas, permitiram-me ir dando forma ao que sou, eliminando arestas, transformando-me em alguém melhor, mais suave, mais harmônico, mais integrado." Mulek.com

sábado, 17 de maio de 2014

O TRIUNFO DA VERDADEIRA FÉ...


MATEUS 15:21 a 28

Em Mateus 17. De 14 a 21 acontece algo muito interessante, após voltar do monte da transfiguração juntamente com Pedro, Tiago e João, aproxima-se de Jesus um HOMEM que tinha um filho LUNÁTICO, endemoniado, que caía sempre no FOGO e em ÁGUA. Esse homem já havia RECORRIDO aos DISCÍPULOS que ficara, quando JESUS estava no MONTE. " Ó geração incrédula e perversa, até quando estarei convosco, até quando vos sofrerei?... Se tiverdes FÉ como um grão de MOSTARDA: Aqui sugere não apenas o tamanho, Deus honrará até mesmo uma fé pequena, mas que tenha vida e crescimento. Ter FÉ como uma semente de mostarda, é ter uma FÉ VIVA alimentada para CRESCER. A FÉ cultivada CRESCE e realiza feitos ainda maiores para Deus. Se os nove discípulos que ficaram tivessem se mantidos firmes na oração, na disciplina, na obediência, teriam sido capazes de expulsar o demônio do menino.
Na nossa vida cristã também não é diferente, existem dias que estamos com o coração radiante de fé, mais a dias que achamos que Deus não se importa conosco, não ouve as nossas orações ficando em silencio, por tudo isso perdemos a fé e enchemos o nosso coração de desesperança.

Elucidação:

Misticismo religioso é o lado misterioso de qualquer doutrina; é tudo o que envolve experiências espirituais. O problema é que quase sempre, os místicos são induzidos a se acharem tão espirituais, que se ACHAM mais DIGNOS que a Bíblia, e se baseiam mais em suas experiências PESSOAIS do que na Palavra de Deus. Este é um dos grandes problemas de algumas pessoas, pois elas colocam suas “experiências” acima da Bíblia e procuram adaptar a interpretação da Bíblia a acontecimentos que julgam ser espirituais, tendendo a espiritualizar tudo... Todo sonho, pesadelo, problemas, erros, acertos; tudo é motivo pra envolver nisso algum “mistério”. Dentro do Misticismo está a mistura de figuras, objetos e símbolos para representarem coisas espirituais. O que aparecem de crentes com fitinhas no braço, ungindo portas e janelas com azeite, colocando sal ao redor da casa para impedir a entrada de maus espíritos; outros bebem águas ungidas, usam óleo consagrado aqui ou em Jerusalém, e por aí vai. Nada sabemos a respeito da MULHER aqui mencionada, além do que lemos nestes versículos. O nome dela, a sua historia anterior, a maneira como foi levada a procurar Jesus, não é mencionado. Embora fosse Gentia, sem nenhum direito às bênçãos de Deus, os fatos relatados acerca desta MULHER, são preciosidades e nos trás uma grande lição de vida e FÉ.
A verdadeira FÉ triunfa diante dos obstáculos.

1°- O silencio de Deus. Vv.22,23-a

Esta mulher estava passando por uma grande aflição. Sua filha amada, estava possessa por um espírito IMUNDO. Nenhum medicamento feito por mãos HUMANAS era capaz de curar-lhe o corpo; apenas a morte poderia ser considerada coisa pior.Tendo ouvido falar de JESUS, foi implorar-lhe que expelisse de sua filha o demônio. Para sua surpresa, ela tem o SILÊNCIO de JESUS como RESPOSTA. O texto diz que ele não lhe disse uma palavra. Talvez em algum momento de sua vida, você se deparou com uma situação desse tipo, de orar pedindo algo a Deus e ter a sensação que ELE esta em silencio. Deus, até pode ficar em SILÊNCIO, mas NUNCA deixa de TRABALHAR em favor do seu povo. ELE GUERREIA em favor dos seus. A verdadeira fé nunca desiste, pelo contrario, segue em frente acreditando na vitoria.

2°- A insensibilidade dos discípulos. Vv.23-b

Os discípulos impacientes com a persistência da mulher em seguir a Jesus gritando, disseram: mande-a embora! Livre se dela. Não demonstram nem um pouco de compaixão pela mulher nem por sua filha. Os discípulos pediram que Cristo se livrasse dela; eles não eram tão diferentes dos fariseus em sua falta de compaixão. Deviam ter pedido a Cristo por ela. A essa altura, eles já deveriam ter aprendido o sentido de AMOR, MISERICÓRDIA, PERDÃO, com Cristo. Há PÃO para TODOS! Os discípulos ainda estavam operando numa VISÃO HUMANA limitada do alcance da graça e do poder de Cristo. Eles deveriam ter dito: “mas Senhor, tu és capaz de fazer pão se multiplicar, não há limites”! Quantas vezes na nossa caminhada cristã encontramos irmãos que tentam nos tirar da direção, do alvo, são insensíveis, não reconhecem a nossa luta, nossa dor e sofrimento. Quantos obstáculos apareceram no caminho desta mulher, mais ela vence-os pela FÉ, assim recebeu o que necessitava.

3°- Ser uma mulher estrangeira. (Não fazia parte da promessa). Vv.24.

Jesus fica em silencio, mais quando resolve falar, diz que não foi enviado senão às ovelhas perdidas de Israel. Mulher as minhas bênçãos não são pra você, são para o povo de Israel. Você não esta incluída nas minhas promessas, eu não posso fazer nada por você. Qual a reação da mulher? Ela desiste, vai embora, se decepciona com Jesus? Ela veio e ADOROU, dizendo: Senhor socorre-me. Jesus diz: não é bom tomar o pão dos filhos e lançá-lo aos cachorrinhos. Em sua resposta, Jesus não a trata com desprezo, antes o termo grego no original se refere a um cachorrinho de estimação. Mais uma vez essa mulher nos surpreende. "Sim Senhor, porém os cachorrinhos comem das migalhas que caem da mesa dos seus donos. Que testemunho extraordinário de fé, ela não negou o lugar especial dos filhos ( Judeus) no plano de Deus, queria apenas algumas migalhas das bênçãos da mesa, pois afinal a salvação vem dos Judeus. A mulher não se ofende com as duras palavras de Cristo; ela sabe que não tem direitos diante de Deus. Se o que Deus tem pra ela são migalhas, ela as aceitaria de bom grado. Quão diferente da atitude arrogante de tantos que se julgam merecedores. Ela demonstra fé. Chega ajoelhando, o chama de Senhor, sabe acerca de seu poder. Ela é movida a ação. Ele no fundo diz: você não é digna de se sentar à mesa COMIGO, mas a PORTA está ABERTA, ENTRE...Há ALIMENTO para você também. É vital notarmos que ela aceita sua condição – Ela reconhece que não é digna de ser ajudada por Cristo. Ela com fé diz: Eu não mereço pão, não sou parte do povo escolhido, se pela tua bondade o que tem para mim são migalhas, quero as migalhas com alegria! Ela não declara ou exige pão, como se merecesse. Não é orgulhosa a ponto de não aceitar o que Cristo diz acerca dela. Mostrando ali, que não merecemos nada. Pessoas dizem que merecemos TUDO e não aceitam o que a Bíblia fala a nosso respeito. À luz disso tudo, Jesus elogia sua fé; coisa que não vemos ele fazendo acerca dos discípulos.

Conclusão:
A verdadeira FÉ consegue extrair a terna bondade de todos os golpes mais duros desta vida. Deus, fez exatamente isso com aquela mulher. Tudo parecia está contra ela, perdido, mas ela conseguiu no final, alcançar a graça de Deus, através da FÉ.
O evangelho do reino é para TODOS, todas as nações; as boas novas envolvem o fato de que Cristo morreu numa cruz para que cães de toda raça, língua e nação, pudessem ser adotados na família e se sentassem à mesa, tornando-se criancinhas, FILHOS do DONO da CASA.

Em Cristo, nossa esperança!
Pr. Nivaldino Vieira.








Um comentário:

  1. A parte que mais me TOCOU...
    "Conclusão:
    A verdadeira FÉ consegue extrair a terna bondade de todos os golpes mais duros desta vida. Deus, fez exatamente isso com aquela mulher. Tudo parecia está contra ela, perdido, mas ela conseguiu no final, alcançar a graça de Deus, através da FÉ.
    O evangelho do reino é para TODOS, todas as nações; as boas novas envolvem o fato de que Cristo morreu numa cruz para que cães de toda raça, língua e nação, pudessem ser adotados na família e se sentassem à mesa, tornando-se criancinhas, FILHOS do DONO da CASA.

    ResponderExcluir