SONHOS SÃO GRATUITOS...TRANSFORMA-LOS EM REALIDADE...TEM UM PREÇO. "Quando olho para trás, vejo que hoje carrego em meu ser várias marcas de pessoas extremamente importantes. Pessoas que, no contato com elas, permitiram-me ir dando forma ao que sou, eliminando arestas, transformando-me em alguém melhor, mais suave, mais harmônico, mais integrado." Mulek.com

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

SAIA DA CIDADE...


Jeremias 48:28
"DEIXAI AS CIDADES E HABITAI NO ROCHEDO, Ó MORADORES DE MOABE: E SEDE COMO A POMBA QUE SE ANINHA NAS EXTREMIDADES DA BOCA DA CAVERNA"

O Profeta  Jeremias tinha como característica o choro, embora jovem tinha seu coração quebrantado ao ver a condição que se encontrava o povo naquela ocasião, esse choro não pode ser confundido com fraqueza, pois era uma expressão do Espirito de DEUS, Que chora mesmo ao ver o homem perdido.
Jeremias era fortalecido e sustentado por esse Espirito, por isso mesmo jovem suportou a rejeição,as perseguições , a pressão que vinha sobre ele, suportou ser lançado numa cisterna de lama, tentavam calar o jovem Jeremias,  mas não entendiam que era impossível calar a profecia que Deus colocava
em seus lábios...
Sua mensagem era dotada de autoridade e sabedoria. e com essa sabedoria chamou o povo ao arrependimento, e os aconselhou para uma mudança bastante ousada e no minimo diferente, HABITAR NO ROCHEDO, Significa optar pela segurança de um lugar inabalável, que é a presença de Deus na nossa vida, e continua usando a figura da pomba como exemplo, por ser um animal aparentemente frágil, mas não e´ presa fácil de predador nenhum, pois o fato de estarem próximos a boca da caverna, se protegem com rapidez e segurança, TIPO DO SERVO VIGILANTE, Que tem no sacrifício de Jesus, (ferida da rocha) a base da sua fé, sua proteção, que busca nessa (boca de caverna) na Palavra que sai do centro do coração de Deus, ali ele encontra o discernimento, a sabedoria, para caminhar com segurança, e se esconder , se proteger no momento certo, sabe identificar o momento que estamos vivendo, suporta com perseverança as perseguições, porque esta sendo movido, motivado pelo Espirito santo a se preparar, e aguardar em uma posição de segurança, para o grande e glorioso dia, O DIA DO SENHOR.
E Aqueles que se enquadram a esse perfil orientado pelo
ESPIRITO SANTO... Clamam com ansiedade ...
Maranata, ora vem Senhor Jesus.
Amem, e glórias ao Cordeiro.

Elair O.

Clélia diz:
Está cada vez mais DIFÍCIL deixarmos a CIDADE...
TUDO mais FÁCIL, ruas Calçadas, Luz Elétrica, Água Tratada, Lojas Atraentes, Comidas de fácil acesso...Etc... MODERNIDADE HUMANA.
Deixar a CIDADE... É deixar a comodidade... 
OS MOABITAS tinham um jeito de viver, seguiam seus próprios pensamentos e instintos... ORGULHOSOS. Eram Politeístas, criam em VÁRIOS deuses, cujo principal era QUEMOS.
Sua LÍNGUA era PARECIDA com a HEBRAICA...PARECIDA.
Procuravam ATACAR ISRAEL na época da COLHEITA... DESTRUIR os FRUTOS.
Mas, a ORDEM era para DEIXAR a CIDADE...
Momento de HABITARMOS no ROCHEDO.
Fazer MORADA em terra FIRME.
ROCHEDO é um lugar aparentemente inóspito, sem conforto, mas que oferece verdadeira segurança. JESUS, NASCE em lugares assim... SIMPLES.
O Rochedo é um lugar FORTE...SEGURO... É pra lá que devemos nos MUDAR.
Fundamentados na Rocha que é Cristo...
Simples como as POMBAS...
Simples para identificar o BEM na “TERRA FIRME” da palavra de Deus, no ROCHEDO, para estarmos GUARDADOS do MAL.
Ausência de maldade... CRÉDITOS.
Na Simplicidade, estaremos atentos à Boca da Caverna...ROCHA.
OUVIDOS que OUVEM à VOZ do ESPÍRITO SANTO.
Aninhados com SEGURANÇA...FÉ.
A boca da caverna é formada por uma ferida (Abertura) no rochedo, ela aponta para o sacrifício, ROCHA FERIDA, para que nós pudéssemos entrar... SEGUROS.
CAVERNA de ADULÃO...
Os Moabitas, foram combatidos e subjugados por Davi... REI da Tribo de Judá.
Vamos SAIR das CIDADES...
Ser como POMBAS...
Atentos à Boca da Caverna... ROCHA.
ANINHADOS... JUNTOS.
Pois DENTRO da ROCHA... Está o QUARTO HOMEM.
Capaz de FECHAR e CALAR a boca do LEÃO.
O CAMINHO já está apontado...SIGAMOS NELE.

Clélia2014


Nenhum comentário:

Postar um comentário