SONHOS SÃO GRATUITOS...TRANSFORMA-LOS EM REALIDADE...TEM UM PREÇO. "Quando olho para trás, vejo que hoje carrego em meu ser várias marcas de pessoas extremamente importantes. Pessoas que, no contato com elas, permitiram-me ir dando forma ao que sou, eliminando arestas, transformando-me em alguém melhor, mais suave, mais harmônico, mais integrado." Mulek.com

quarta-feira, 5 de agosto de 2015

VALE DE OSSOS SECOS... SEQUÍSSIMOS.


O vale cheio de ossos.

“Veio sobre mim a mão do SENHOR, e ele me fez sair no Espírito do SENHOR, e me pôs no meio de um vale que estava cheio de ossos” (Ezequiel 37). E o versículo 2 ainda fala que os ossos estavam “sequíssimos”.

A visão que Deus concedeu ao profeta Ezequiel foi de morte, pois os “ossos secos” espalhados no vale representavam tal situação. Trazendo para os dias atuais, talvez a sua vida esteja parecida com a situação encontrada por Ezequiel naquele vale. Talvez seja necessária uma restauração na sua vida espiritual, na sua família, no seu ministério, no trabalho. Talvez são traumas do passado que lhe impedem de caminhar, de seguir em frente, de conquistar; frustrações que sempre lhe fazem olhar para baixo, lhe causam desânimo e lhe fazem pensar que não pode mais voltar a sorrir, ter alegria; são sonhos que foram frustrados, objetivos que por algum motivo não puderam ser alcançados, o que lhe faz pensar que sua vida parece estar “seca”, como aqueles mesmos ossos da visão de Ezequiel.
Mas o vale de Ezequiel traz uma revelação, uma aprendizagem, uma lição. E a lição começa quando o Senhor ordena para que Ezequiel profetize sobre o vale. E assim que Ezequiel profetizou, os ossos começaram a responder. Ele disse: “Ossos secos, ouvi a palavra do Senhor. Assim diz o Senhor a estes ossos secos: Farei entrar em vós o espírito, e vivereis (...) Então sabereis que Eu sou o Senhor”. À medida que ele foi profetizando, a vida começou a surgir naquele vale; aleluia irmãos, pois vemos que há poder na Palavra, a palavra que está nos nossos lábios, pois Deus usou a boca de Ezequiel; quer dizer, as palavras que saem dos lábios mudam a face do vale, ou seja, mudam a sua vida, podem mudar a sua vida. Abramos nossa boca para profetizar vida, falemos a palavra do Senhor, pois ossos secos não podem ouvir nem reagir senão por uma intervenção divina; é Deus que inicia a obra de restauração no vale, fazendo os ossos se colocarem de pé.
Vejam que no início do texto eu chamo a atenção dizendo: “o versículo 2 ainda fala que os ossos estavam “sequíssimos”. Que curioso, não? Não eram simplesmente ossos, mas para reforçar a noção de morte, a Palavra ainda diz que os mesmos estavam sequíssimos. Então o Senhor ainda pergunta ao profeta: “Acaso poderão reviver estes ossos?”. Os incrédulos diriam: “Jamais”, não é verdade? Podemos interpretar que aquele cenário fala sobre o fim dos recursos humanos; naquele lugar tudo parecia perdido (ossos sequíssimos). Sabe o que tiramos disso? O seguinte: quando tudo parece perdido, Deus ainda tem a solução. Sim irmão, aparentemente era o fim de tudo, mas os recursos de Deus não se esgotam nem na morte, aleluia.
Assim, o Senhor ordena a Ezequiel que profetize transformação, mudança, renovo, ressurreição, vida. Mas vejam que no versículo 11 temos o pensamento que ocupava as conversas do povo naquela época. “Eis que dizem: Os nossos ossos se secaram, e pereceu a nossa esperança; estamos de todos exterminados”. Aqui o significado do vale de ossos é exposto com muita clareza, pois Deus estabelece uma relação simbólica entre o seu povo e o vale dos ossos secos, Ele conhece o que se passa com a gente, o que nos habita, as dores que sofremos, nossas fragilidades e medos (“pereceu a nossa esperança”). É capaz de perceber em nós o pessimismo, o sentimento de derrota e de desespero. Mas não deseja que vivamos assim. Mesmo que esta realidade seja resultado de abandonarmos a Deus, de colocar outros valores em seu lugar, o desejo Dele é ver-nos restaurados e renovados. Para isso é necessário profetizar vida, superação e transformação. Este era o desafio de Ezequiel e continua sendo o nosso desafio hoje, pois sabemos que há muitos ossos secos, seja no campo pessoal, familiar, financeiro, físico, emocional ou espiritual. São ossos secos que têm roubado sua vitalidade, alegria de viver, esperança, comunhão com as pessoas e com o Senhor. Mas a boa noticia é que somos convidados a profetizar mudança neste quadro, por mais caótico que possa ser, pois como dito acima, os recursos do Senhor não se esgotam nem na morte. É preciso mudar a nossa maneira de pensar, de ver, de falar. Precisamos ouvir a voz de Deus, crer que os ossos secos podem ser invadidos pela vida plena que Ele deseja nos dar. Olhe agora para seu vale e profetize, pois assim diz o Senhor DEUS: “Vem dos quatro ventos, ó Espírito, e assopra sobre estes mortos, para que vivam” (vers.9). . Lembre-se de QUEM lhe sustentou até aqui, é ELE mesmo QUEM te põe de pé para sair desse vale, PROFETIZA!

Francisco - SP
http://eternidadepelapalavra.blogspot.com.br/2015/08/o-vale-cheio-de-ossos.html?

6 comentários:

  1. Sobre autorização, você tem autorização preveniente...

    Abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Weslley amigo, bom te ver aqui.
      Um abraço, fica com DEUS.

      Excluir
  2. Oi Clélia querida!
    Que meditação edificante.
    Precisamos profetizar sobre as situações difíceis... quando apenas vemos ossos, mas cremos no poder de Deus, Ele os transforma.
    Deus nos tem dado tantas promessas maravilhosas em Sua Palavra, precisamos tomar posse.
    Beijos e um abençoado dia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, Cida...
      Precisamos Crer no poder e na força que Deus derrama sobre nós, quando estamos diante dos Vales de Ossos Secos.
      Beijos.

      Excluir