SONHOS SÃO GRATUITOS...TRANSFORMA-LOS EM REALIDADE...TEM UM PREÇO. "Quando olho para trás, vejo que hoje carrego em meu ser várias marcas de pessoas extremamente importantes. Pessoas que, no contato com elas, permitiram-me ir dando forma ao que sou, eliminando arestas, transformando-me em alguém melhor, mais suave, mais harmônico, mais integrado." Mulek.com

terça-feira, 17 de maio de 2011

SE AS ÁGUAS DO MAR DA VIDA...



E me fez passar pelas águas, águas que me davam pelos artelhos. E mediu mais mil côvados, e me fez passar pelas águas, águas que me davam pelos joelhos; e outra vez mediu mil, e me fez passar pelas águas que me davam pelos lombos. E mediu mais mil, e era um rio, que eu não podia atravessar, porque as águas eram profundas, águas que se deviam passar a nado, rio pelo qual não se podia passar.
 Ezequiel 47:1-5
DEUS conhece cada um dos nossos LIMITES, sabe das nossas MEDIDAS.
Quando as águas chegam nos nossos Artelhos, conseguimos passar por ela de forma que  sejam avançadas mais um pouco...passa rápido.
Quando as águas chegam nos nossos Joelhos, a caminhada se torna mais pesada, temos mais dificuldade para nos locomovermos mas, conseguimos com a oração, jejum, madrugadas, leitura da palavra,continuarmos a caminhada.
Quando as águas chegam nos nossos Lombos... encurvamos.Começamos a andar com mais dificuldade ainda e, a força das águas batendo nos lombos é desesperador, águas bravias, mar revolto, dá medo, pedimos socorro; e ele vem.
Mas...Há um momento que ela vem para nos encobrir, nos afogar.O Rio é GRANDE, FUNDO.O corpo já não se move, os Joelhos perdem a força, os Artelhos tremem....Paramos.É ai...que DEUS nos mostra que é o momento DELE agir.Tem lutas e provas na nossa vida, que só DEUS pode destuir, dissipar.E... é nesses momentos que fazemos das águas bonança acamlmando a sua força, seu furor.Lutamos, relutamos...Precisamos ficar de pé....Caminhar.

Mas...Se a força nos faltar, o cansasso vier, se a fé é tão pequena que não conseguimos mais andar sobre as águas, ELE diz:
NÃO TENHA MEDO!....VEM!
E, se mesmo assim, começarmos a afundar... ELE nos põe no colo e atravessa conosco.
Glória a DEUS!

Este foi um comentário que fiz no blog da minha amiga Irismar.
Clélia2011